quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Sono e excesso de peso




Uma recente publicação  (Partial Sleep Deprivation and Energy Balance in Adults: An Emerging Issue for Consideration by Dietetics Practitioners. Journal of Academy Nutrition and Dietetic.Novembro de 2012.) buscou fazer uma revisão da literatura sobre a influência do excesso de peso e distúrbios do sono.

O estudo mostra as taxas de privação parcial de sono e obesidade vem aumentando muito nos estados Unidos nestes últimos 30 anos.Muitas evidências mostram a ligação entre a privação de sono (dormir menos que 6h) pode gerar um desequilíbrio de energia, o que se mostra relevante com relação a prevenção de ganho e promoção de perda de peso.

Vários estudos mostram que um dos mecanismos para esta relação é que qualquer privação de sono poderia afetar a regulação de hormônios ligados com o apetite. 

Além disso, maior tempo acordado, poderia aumentar o consumo alimentar.

Sendo assim, a qualidade do sono é importante no tratamento de redução de peso, portanto, coloco aqui algumas dicas:

Alimentos ricos em triptofano: carne bovina (magra) e de peru, frango e peixe, leite e iogurte desnatados, queijos brancos e magros, oleaginosas como nozes, castanhas e amendoim (cuidado com os industrializados que contém muito sódio e fritos) e leguminosas, tâmara, banana. Mas lembre-se de escolher as versões com menos gordura!

Outros alimentos que pode colaborar para um bom sono: verduras (alface é bem interessante!), cenoura, broto de feijão, brócolis, aspargo, palmito.

Uma boa pedida é tomar um copo de leite desnatado (morno) com mel e canela!
Quanto aos chás, temos como opção a base de melissa e camomila.
O maracujá é um calmante natural, aproveite o consumo na forma de suco ou chá.

Evite ao máximo: bebidas alcoólicas, com cafeína (chá mate, preto, verde e suas variações, café, refrigerante a base de cola), chocolate, pimenta, curry, raiz forte e gengibre.

Fique atento: a última refeição antes de dormir deve ser leve, pobre em gordura e de fácil digestão. Tente realizar o jantar quatro horas antes de dormir, pois a digestão difícil pode piorar seu sono.

Bom sono!!!

Grande abraço!

Viviane