segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Dia Mundial do DIABETES

Hoje comemora-se o DIA MUNDIAL DO DIABETES.
A campanha deste ano pela Sociedade Brasileira de Diabetes foca dois temas:


Isso mostra que qualquer um pode ter, e que tem solução!

Sempre digo aos pacientes que a alimentação de quem tem diabetes, é a alimentação ideal para todos, e não uma alimentação restrita, pois tenho Diabetes!
Alguns sinais e sintomas:
Quando aparecem ao mesmo tempo, podem indicar diabetes. Neste caso, procure seu médico para realizar os exames adequados.
- sede excessiva;
- urinar com frequência;
- aumento da fome;
- perda de peso;
- cansaço excessivo;
- falta de concentração e interesse em atividades de rotina;
- vômitos e dores de estômago;
- sensação de formigamentoou torpor em mãoes e pés;
- visão embaçada;
- infecções frequentes;
- feridas que custam cicatrizar.

Uma vez diagnosticado o diabetes, você deve procurar também um nutricionista que fará as adequações necessárias para o seu dia a dia.

Diabetes, tem solução!
Podemos, com ações simples, promover a PREVENÇÃO!!!

Grande beijo!
Viviane

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Fibra aliada ao ômega 3

Fibra aliada ao ômega 3 protege corpo contra câncer de cólon, destaca estudo


    Colocar fibras e ômega 3 na dieta ajuda a proteger o corpo contra o câncer de cólon. É o que destaca estudo realizado na Texas A&M University. Mas se a fibra for aliada a outro tipo de gordura, como a de óleos vegetais, o efeito anticancerígeno diminui.
     Robert Chapkin, autor da pesquisa, e sua equipe coordenaram o estudo feito em ratos e usaram ômega 3 e butirato, composto que se forma quando a fibra solúvel é quebrada no cólon. Os ratos alimentados com esses dois compostos reduziram a formação de tumor no cólon.
     Já, os animais que tiveram dieta na base de fibras e óleo de milho tiveram aumento no surgimento da doença. O estudo identificou que o butirato e o ômega 3 matam células não saudáveis ou danificadas no cólon, o que é bom, pois se elas ficam na região podem se tornar cancerígenas.
     O estudo, entretanto, ainda não certificou se ingerir esses dois alimentos juntos tem os mesmos efeitos nos seres humanos que os encontrados nos ratos.

Consumo indicado
Chapkin sugere que cada indivíduo consuma cerca de 3 gramas de ômega 3 diariamente. A substância pode ser encontrada em peixes magros, como salmão e sardinha, além de suplementos.

Matéria publicada: Do UOL Ciência e Saúde


Meus cometários:
Coloco esta matéria, não apenas pensando em indicar o consumo do ômega 3 associado às fibras. Mas sim para mostrar que mais uma vez, o consumo de alimentos saudáveis, da gordura saudável, pode fazer bem para nossa saúde.
Outra questão que levanto é com relação a quantidade. Não é para sair por aí comendo peixe todo dia e em grande quantidade, pois apesar conter uma gordura saudável, contém também calorias, o que pode engordar, além de pode aumentar os níveis de lipídeos sanguíneos, sem contar com o cuidado com o modo de preparo = peixe frito...não vale!!!
Portanto, vale a indicação correta para cada caso.

Muito obrigada!!!
Agradeço todos que estão votando no blog!!!


Grade abraço...
Viviane

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Campanha - DOE SANGUE

O Einstein começa hoje algumas ações para a conscientização da doação de sangue devido ao Dia Nacional do Doador (25/11) e uma delas é:
Loja de Solidariedade - SangueBom:

Os bancos de sangue sofrem com a falta de doadores e seria maravilhoso se pudéssemos conseguir sangue em qualquer lugar e de forma simples. Para conscientizar a importância da doação de sangue o Einstein preparou um vídeo que mostra como você pode mudar a vida de alguém com um só gesto! Se conseguir sangue fosse fácil, a gente não estaria aqui pedindo para você doar. Doe Sangue. Doe Vida!




Meus comentários
Esta é uma atitude que realmente pode salvar vidas!
Para a doação é necessário pesar no mínimo 50kg, estar em boa condição de saúde.
Estar bem alimentado, com qualidade nutricional, evitando alimentos gordurosos 4h antes da doação, e pronto!
Mas sei também que muitos pensam que ficaram fracos com a doação, mito! Se você está bem de saúde, se alimentar bem após a doação, vida normal!
Este é um assunto que parece não ter muita ligação com a nutrição, mas tem. Além da alimentação ser importante para a sua saúde, consequentemente para o seu sangue, colabora com a vida. É assim que vejo a nutrição, colaborando com vidas!

Muito obrigada!
Grande abraço,

Viviane

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Minerais essenciais....

 Para falar sobre as propriedades e os benefícios de alguns minerais, o nutrólogo Mauro Fisberg e a nutricionista Silvia Franciscato Cozzolino estiveram no Bem Estar (Globo).

Acessem o link para conferir o vídeos e as informações passadas: http://g1.globo.com/bemestar/noticia/2011/11/minerais-sao-bons-para-os-ossos-o-cerebro-o-coracao-e-imunidade.html

Vale a pena!

Abraço
Viviane

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Dia Mundial do AVC - Acidente Vascular Cerebral

Dia 29 de outubro - Dia Mundial do AVC - Acidente Vascular Cerebral

A organização Mundial do AVC (World Stroke organization - WSO) está chamando a todos para uma ação imediata, com o objetivo de enfrentar a epidemia do Acidente Vascular Cerebral.

A WSO convoca a população mundial para uma abordagem global e contínua, da prevenção ao tratamento, e em direção à reabilitação e suporte a longo prazo.

Veja agora SEIS passos que podem ajudar a reduzir o risco e o perigo de um AVC.

1) Conheça seus fatores de risco: pressão alta, diabetes, colesterol elevado e arritmias cardíacas (fribilação arterial).

2) Seja ativo. Faça exercícios REGULARMENTE.

3) Evite a obesidade, mantendo uma dieta saudável.

4) Limite o consumo de álcool.

5) Evite o hábito de fumar.

6) Aprenda quais os sinais de alerta do AVC.

Estes seis passos são fundamentais para a prevenção do AVC.

Conheça agora os sinais de alerta do AVC.
- Súbito formigamento ou fraqueza em dos lados do corpo
- Súbita dificuldade de falar
- Súbita dificuldade de enxergar ou visão dupla
- Súbita dificuldade para caminhar ou perda de equilíbrio
- Súbita vertigem (sensação de tudo girar)
- Súbita dor de cabeça, muito forte sem uma causa aparente

Veja o quadro abaixo:


Como prevenção é a melhor forma de evitar o AVC, o Hospital Albert Einstein realizará uma ação de conscientização na estação Sé do Metrô, no dia 28 de outubro de 2011 das 9 às 17h, realizando vários exames gratuitos como aferição de peso, altura, pressão arterial, glicemia, índice de IMC e circunferência abdominal.
Aproveitem a oportunidade!
Grande abraço a todos, e vamos nos cuidar!!!
Viviane

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Os perigos do jejum prolongado

Algumas pessoas que precisam ficar em jejum para emagrecer. Sempre digo que precisamos emagrecer comendo, claro, fazendo as escolhas certas!


Estudos com animais mostraram que o jejum prolongado alternado com alimentação excessiva pode alterar o funcionamento da insulina, o hormônio que facilita a entrada e o metabolismo de glicose nas células, favorecendo o surgimento do diabetes. O alerta resulta de um estudo feito pela nutricionista Fernanda Cerqueira em seu doutorado no Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP), sob orientação de Alicia Kowaltowski.

Ela realizou o esstudo com 100 ratos a diferentes regimes de restrição dietética durante nove meses, o equivalente a quase 20 anos de vida de uma pessoa.

Os ratos forma divididos em quatro grupos:
1) o controle, que podia comer à vontade;
2) o de restrição calórica, que recebia 60% da dieta padrão e uma complementação de vitaminas e sais minerais;
3) o de restrição completa, que recebia uma dieta 60% menor, sem suplementação vitamínica;
4) o de dieta intermitente, alimentado dia sim, dia não.

As maiores surpresas apareceram nos animais do grupo submetido à dieta intermitente. Depois de um dia de jejum estavam esfomeados e, de uma só vez, comiam o dobro que os ratos controle. Também perderam peso, mas apenas de massa muscular, mantendo a mesma quantidade de gordura visceral que os do grupo controle. Do mesmo modo, os animais sob jejum absorviam a glicose, mas a aproveitavam menos. A provável explicação é o acúmulo de radicais livres, compostos químicos bastante reativos que se apresentaram em quantidade maior que nos animais do grupo controle. Os animais que passaram pelo jejum a cada dois dias tinham oito vezes mais peróxido de hidrogênio, um composto altamente reativo. O peróxido é uma molécula derivada de radicais superóxidos, que participam da formação do peroxinitrito, que adere a uma molécula chamada receptor de insulina. Por sua vez, o receptor aciona outras moléculas e faz com que a glicose entre nas células.

Os resultados obtidos com animais de laboratório não podem ser simplesmente transpostos para a realidade humana. A primeira razão é que os animais do grupo controle podem não ser os padrões ideais para balizar os resultados. Em 2010, na PNAS, pesquisadores dos Estados Unidos mostraram que os ratos de biotério, por comerem o quanto e quando quiserem e serem sedentários, são resistentes à insulina, têm predisposição à inflamação e pesam 20% mais que o animal silvestre.

Porém, para Francisco Laurindo, pesquisador do Instituto do Coração da Faculdade de Medicina da USP, “Os animais de laboratório usados como controle em muitas pesquisas biomédicas correspondem ao normal sedentário, não ao normal ativo”. Mesmo assim, o organismo humano segue uma lógica similar à dos roedores, o que sugere que os fenômenos observados e seus efeitos devem ser similares.

Fonte: revistapesquisa.fapesp.br
           CERQUEIRA, F.M. et al. Long-term intermittent feeding, but not caloric restriction, leads to redox
            imbalance, insulin receptor nitration, and glucose intolerance. Free Radical Biology and Medicine.


Meus comentáarios


Apesar da necessidade de mais pesquisas, esta em especial, mostra algo que observo na prática. É muito comum os pacientes, reduzirem o peso durante a semana, por seguirem uma dieta restrita, e chegar no final de semana, comer tudo o que não comeram na semana, e aí, ganham até mais peso do que foi perdido na semana.

Com este resultado negativo durante o tratamento, muitos culpam seu próprio metabolismo, alegando que é lento, quando na verdade seja o caso de adequar o aporte calórico diário. Sempre peço aos meus pacientes que tentem manter o mesmo valor calórico ingerido na semana, mesmo que, abusem de alguma guloseimas no fim de semana, mas assim, existe uma média calórica, evitando "picos" de ingetsão calórica.


Grande beijo a todos!!!
Viviane

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

TOP BLOG 2011

É com muita alegria que comunico nossa passagem para o

2º turno da votação do Prêmio TOP BLOG 2011.

Agradeço de coração os votos e todos que acompanham o

blog!!!

Grande abraço

Viviane

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Obesidade infantil e desenvolvimento de diabetes

     Uma pesquisa recente mostrou que o ganho excessivo de IMC ao longo da vida e o início mais precoce de sobrepeso/obesidade estão associados ao metabolismo alterado da glicose (artigo: Changes in BMI, duration of overweight and obesity, and glucose metabolism: 45 years of follow-up of a birth cohort - Diabetes Care; 2011).
     Isto é uma informação importante, já que o número de crianças com peso elevado vem aumentando a cada dia.
     Devemos cuidar da alimentação das nossas crianças e adolescentes, pois é a fase mais importante da vida para a incorporação de hábitos saudáveis para a vida. Vejo que é  muito comum os pais procurarem ajuda após observar que o filho (a) já está bem acima do peso, já com complicações, como problema de articulações, colesterol e/ou triglicérides elevados, glicemia alterada...
     Aí, querem "correr" contra o tempo, fazem muitas restrições e acabamos tendo pouca aderência ao tratamento, ficando difícil reverter a situação, que talvez seria rápida e com mudanças significativas, pelo estágio de vida em que as crianças e adolescentes se encontram!
    Portanto, sempre recomendo. Faça um trabalho de educação nutricional desde a infãncia, para a incorporação dos hábitos o mais precoce, de maneira tranquila e preventiva, e não somente em caso de tratamento!!!
    Vamos cuidar do adultos do futuro!!!

Grande abraço a todos!
Viviane

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Gestantes

Um estudo de revisão, publicado na Revista de Nutrição (2010) reforçou a importância da intervenção nutricional como aliada no controle do Diabetes Mellitus Gestacional, trazendo potenciais benefícios à saúde materno-fetal.

Na avaliação do estado nutricional materno devem ser empregados os indicadores antropométricos, dietéticos, bioquímicos, clínicos e funcional. Neste sentido, a avaliação dietética deve ser detalhada, com atenção para o fracionamento e composição das refeições, e grupos de alimentos presentes.

O planejamento nutricional deve suprir as necessidades nutricionis da mãe e feto, atentando a distribuição calórica e de macronutrientes: carboidratos, proteínas e lipídeos, além dos micronutrientes que são as vitaminas e minerais.

Quanto a recomendação dos edulcorantes - adoçantes, são liberados para gestantes acesulfame K, aspartame, neotame, sacarina e sucralose.

A atividade física também deve fazer parte da estratégia de tratamento do Diabetes Mellitus Gestacional, embora o impacto do exercício nas complicações neonatais ainda mereça ser rigorosamente testado.

Ademais, estudos associam a habilidade de aconselhamento nutricional com a melhorara na adesão ao cuidado nutricional.

Diante de todas estas informações, para sucesso no controle do DMG são necessários: a participação da equipe inter e multidisciplinar, o cuidado pré-natal precoce, com assistência nutricional oportuna e a garantia da assistência de qualidade ao longo da gestação.

Portanto, mamães... o mito de simplesmente comer para dois já caiu! Temos sim que pensar que a gestante passa por um período de vida diferenciado, porém que deve ser ofericido uma alimentação equilibrada e adequada para cada caso!

E aí, é só curtir este período mágico na vida das mulheres!
Grande abraço
Viviane

quarta-feira, 14 de setembro de 2011

VICTOZA - Novo medicamento usado para redução de peso

A "moda" agora é o novo medicamento milagroso para reduzir peso. A verdade é que este medicamento chamado, aqui no Brasil, de VICTOZA (liraglutide) é indicado para Diabetes do tipo 2, por controlar a glicemia.

Agora, minha primeira pergunta: desde que quando emagrecer é moda???  Desde quando medicamentos que atuam a nível sistema nervoso central, ou qualquer medicamento, não tem efeito colateral???

Me chama atenção que toda matéria que diz existir um novo milagre para emagrecer ainda chama a atenção de muitas pessoas. Se realmente este milagre existisse, não existiria mais obesos. A coisa não é tão simples...é muito mais complexo do que se imagina...

Segundo nota oficial expedida pela Anvisa sobre o Victoza, não há estudos ou pesquisas que "comprovem qualquer grau de eficácia" para "redução de peso e tratamento de obesidade". Além disso, a própria bula do remédio informa que, sendo um medicamento recente no mercado, é possível que ocorra “eventos adversos e imprevisíveis” durante sua uilização. Algumas dessas reações adversas já foram apresentadas por muitos pacientes, e de acordo com a Abeso (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica), durante a fase de pesquisas do Victoza, pessoas obesas e não diabéticas tiveram perda de peso média de 7kg, mas pagaram um preço alto por isso. Os principais efeitos colaterais foram: cefaleia, náuseas, vômitos e diarreia, que se atenuaram com o uso contínuo. Os casos mais graves, os pacientes apresentaram sintomas de pancreatite (inflamação do pâncreas), desidratação, alteração da função renal e distúrbios da [glândula] tireoide, como nódulos e casos de urticária.

As pesquisas com indivíduos obeso não diabéticos, ainda não está finalizada, sendo assim, ainda não caso de indicação!

A endocrinologista Rosana Radominski, presidente da Abeso, lembra o que aconteceu com outro suposto "milagre": Rimonabanto (Acomplia) – a pílula da barriga”. Aí digo novamente, resolveu o problema da obesidade?

Quero deixar bem claro que não sou contra medicamento para emagrecer, mas é preciso bom senso para se avaliar cada caso.

Ainda o que funciona a longo prazo é reeducação alimentar, porém, este tratamento exige, determinação e paciência, não só paciente, mas também do profissional que conduz o tratamento! Esta união é infalível!!!

Grande abraço.
Viviane

sábado, 10 de setembro de 2011

Novidade do Hospital Albert Einstein

O Hospital Albert Einstein preparou um hotsite especial sobre Neurologia (http://www.einstein.br/neurologia), além de um chat para esclarecer as dúvidas dos internautas. Confira as matérias escritas por profissionais e médicos do hospital, vídeos, um infográfico e uma animação que mostram as doenças, tratamentos e como funciona a máquina humana: o cérebro


Dia 13/09 acontecerá um chat para esclarecimento de dúvidas.

Aproveitem, na próxima terça-feira, 13/09, às 14h30.

Grande abraço

Viviane

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Celulite

Esta palavra assusta muitas mulheres..... Mas será possível reverter a situação?
Estava lendo esta entrevista de uma dermatologista, publicada no site da UOL, e achei interessante, pois é o que sempre comento com minhas pacientes. Não existe milagre, o que existe é muita força de vontade para que todas as ajudas possíveis sejam eficazes!

Além dos cremes, do exercício físico, a alimentação é fundamental para se obter bons resultados.

Veja as dicas a seguir.
1. Consumir alimentos ricos em fibras: frutas, verduras, legumes e cereais integrais

As fibras contribuem para aumentar a eliminação de toxinas , promover saciedade e melhorar o funcionamento intestinal

2. Redução do sódio (sal): promevem a retenção de líquidos, piorando a celulite
- substituir o shoyo pelo shoyo light
- substituir produtos enlatados e em conserva por produtos in natura
- cuidado com bebidas lights pois muitas contém o sódio como adoçante, portanto, apesar de baixa caloria podem contribui para a piora da celulite

3. Melhorar o consumo de alimentos ricos em potássio: são diuréticos - melhora da celulite
- Linhaça, amêndoas, água de coco, suco de laranja, iogurte e leite desnatado, batata cozida, beterraba, acelga, espinafre, melão, ameixa seca, abacate, damasco seco, soja cozida e salmão.

4. Vitaminas importantes: diminuem os fatores que agravam a celulite:
- Vitamina B6: frango, porco, peixe, ovos, aveia, amendoim, soja.
- Ácido fólico: carnes, verduras escuras, cereais, feijão, batata
- Vitamina B12: leite, ovos e carne
DICA: o cozimento diminui quantidade de vitamina B6 e B12 no alimento

5. Importante consumo de alimentos fontes de:
- Silício: cereais integrais como aveia, a salsinha.
- Fenólicos/ Resveratrol: oleaginosas, como as castanhas, amêndoas entre outras. Outra importante fonte é o vinho e o suco de uva. Recomenda-se três copos de sucos por dia, fracionados durante todo o dia.
- Flavonóides: uvas e frutas cítricas, açafrão da terra (cúrcuma)
- Fitoestrógenos: soja e linhaça
- Polifenóis: chá verde
- Ação antiinflamatório e antioxidante: óleo de macadâmia e de abóbora. Não utilize estes óleos para cozinhar, e sim depois do preparo, pois asssim se preserva as propriedades nutricionais. Além de tudo, são cosniderado ótimo para a hidratação da pele.

Além de tudo isto, manter seu peso adequado, uma alimentação equilibrada, é fundamental!

A dermatologista esclarece cinco dúvidas para o site UOL Estilo:

UOL Estilo: Os cremes anticelulite funcionam ou não? Qual é o seu mecanismo de ação?


Mônica Aribi: Funcionam até certo ponto e para casos leves, como o grau 1 (quando a celulite ainda é suave e só aparece se comprimir a região). Em uma escala de 1 a 10, os cosméticos funcionam no nível 4. Mesmo com o avanço da tecnologia farmacêutica, existe uma dificuldade de penetração até a camada gordurosa (hipoderme), onde se encontra a raiz do problema – para chegar nela é preciso atravessar a camada córnea, a epiderme e a derme, o que não é simples para um cosmético. Quando aplicados com uma massagem eficiente, isto é, de baixo para cima, com movimentos circulares, pressão média e com duração de cerca de 10 minutos por região, podem melhorar até mesmo graus mais intensos. Mas isso acontece mais pela ação mecânica da massagem do que pela ação do creme. A massagem melhora a circulação e destrói os nódulos de gordura.

UOL Estilo: O que é possível melhorar com a utilização desses cremes?

É possível melhorar as ondulações leves, ou seja, uma celulite grau 1, aquela que se não tiver nenhuma pressão não se nota. A partir do grau 2 (quando se enxerga sem apertar) é preciso o creme e mais uma massagem, que pode ser drenagem ou massagem redutora. A frequência das sessões vai depender da gravidade dos furinhos. A partir do grau 3 (quando se começa a ver ondulações mais profundas e repuxamentos), o ideal é creme, massagem e uma tecnologia, que pode ser radiofrequência ou infravermelho, que vão esquentar a célula de gordura e melhorar a formação de colágeno, amenizando os sintomas da celulite. Com mais colágeno a pele fica forte, melhora a circulação e consequentemente o seu aspecto. No grau 4, quando os furinhos são profundos e têm aquele aspecto de "casca de laranja", considerado o estágio mais avançado da celulite, além de creme, massagem e tecnologia muitas vezes é necessário fazer uma subcisão, que é a aplicação de um ácido hialurônico com partículas maiores, própria para corrigir depressão mais profunda. Mas é bom lembrar que esse procedimento tem efeito estético, não é um tratamento e nem age na causa do problema.

UOL Estilo: Para manter o problema sob controle, tem que usar os cremes para sempre? A cafeína ainda é o grande ativo dos cosméticos anticelulite?


Sim, os cremes devem ser utilizados regularmente, de uma a duas vezes por dia. A celulite não tem cura, ela tende a ser cumulativa por conta dos hormônios, que sofrem alterações com a idade, e da circulação, que vai ficando mais densa. Por isso, todos os métodos para seu controle devem ser mantidos para sempre, principalmente o uso de cremes. A cafeína continua, sim, sendo a grande estrela dos cosméticos anticelulite por ser um eficaz antiinflamatório e ainda ter ação de reduzir inchaços e melhorar a circulação local. Agora, com a apresentação em forma de "coffee berry", que é mais potente ainda, os efeitos drenante e antiinflamatório são mais eficientes. A cafeína em formulações de cosméticos de laboratórios confiáveis é processada com a tecnologia de nanoesferas, que reduz as moléculas para maior penetração. Nesses casos, fica garantido o efeito desejado.

UOL Estilo: Bermudas anticelulite agem em que nível? Elas funcionam mesmo?


Agem no mesmo grau dos cremes, pois os tecidos, além de conter ativos específicos para o problema, ainda fazem uma oclusão, o que favorece maior penetração das substâncias e um tempo mais prolongado de ação. Sempre que um dermatologista deseja que um ativo faça mais efeito, ele faz uma oclusão da área trabalhada, ou seja, cobre a região. Esse é o mecanismo dessas bermudas. Mas ainda prefiro o uso dos cremes, porque para serem aplicados exigem uma massagem, o que é muito eficaz para o problema. Porém, quanto mais fatores para combater o problema, melhor. Combinar creme (com os ativos certos) com massagem (descongestionante) e mais a bermuda (oclusiva), que são coisas fáceis de se fazer, é muito bom.

UOL Estilo: Por que alguns cremes contra celulite prometem redução de medidas? O mecanismo é o mesmo?

Porque esses cosméticos especificamente têm princípios ativos, como o tiratricol, que diminuem o tamanho da célula de gordura. Mas este efeito é temporário, só dura enquanto se usa o creme. É bom enfatizar que eles reduzem a célula de gordura, sem destruí-la, por isso quando são suspensos, o tecido adiposo volta ao seu tamanho normal.

Desculpem pela matéria grande para um blog!!!
Mas espero que ajude!
Grande abraço.
Viviane

sábado, 3 de setembro de 2011

Matéria publicada no site: http://noticias.r7.com/saude/noticias/azeite-de-oliva-virgem-e-frutas-secas-diminuem-problema-nas-arterias-20110831.html

Uma dieta mediterrânea - baseada em óleos vegetais, verduras e peixes - enriquecida com azeite de oliva virgem e com frutas secas pode reverter a arterioesclerose - depósito de gordura nas paredes das artéreas - em um ano, segundo teste da Universidade de Navarra, na Espanha, e outros 19 centros espanhóis, feito com 187 voluntários.

Miguel Angel Martinez Gonzalez, que dirige o departamento de Medicina Preventiva da universidade, responsável pelo estudo, considera que a dieta é capaz de conseguir em um ano o que não se consegue com remédios em dois anos, informou nesta quarta-feira (31) o centro acadêmico por meio de um comunicado.
Os participantes da experiência, maiores de 55 anos e com alto risco cardiovascular, se dividiram em três grupos aleatórios, dois dos quais receberam instruções detalhadas dos nutricionistas sobre como seguir a dieta mediterrânea adequadamente.
Um dos grupos que seguia o padrão de dieta mediterrânea recebeu 15 litros de azeite de oliva virgem a cada três meses, enquanto aos outros foram oferecidas frutas secas, com a ideia de que os voluntários consumissem 30 gramas ao dia de nozes, amêndoas e avelãs.
O terceiro grupo recebeu simplesmente instruções e material para seguir uma dieta baixa em gordura.
Foi medida a espessura da camada média da artéria carótida de todos os participantes, uma vez no início do estudo e outra após um ano.
- Observamos que as pessoas que já tinham arterioesclerose antes do estudo tiveram a camada média da artéria engrossada, o que significa uma melhora considerável, e as pessoas que seguiram a dieta mediterrânea enriquecida com azeite de oliva virgem ou frutas secas, tiveram uma regressão das lesões.
Ele diz que, no entanto, essa melhora não se deu entre os que não apresentavam um engrossamento da parede da artéria no começo do estudo.

"Copyright Efe - Todos os direitos de reprodução e representação são reservados para a Agência Efe."

Meus comentários
Muitas pesquisas já mostraram os benefícios do azeite, das oleaginosas (amêndoas, nozes, entre outras). Esta pesquisa confirma, portanto me gerou dúvida que será importante ler o artigo na íntegra. Mas uma questão me despertou...Esta quantidade de azeite é viável?

É colocado que foi entregue 15 litros de azeite a cada três meses para um grupo. Se pensarmos, esta quantidade de azeite para três meses, seria necessário o consumo de mais ou menos 160 ml de azeite por dia, acarretando um aumento calórico de 1400 kcal por dia. Como será compensado isso?

Não quero dizer que o azeite não é bom, qua não vale a pena, só quero dizer que não podemos ser radicais e seguir qualquer informação!

Precisamos individualizar as quantidades/porções, além de seguir várias recomendações importantes para se obter sucesso!!

Grande abraço!!!
Viviane

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Campanha "Fome, Obesidade, Desperdício - Não alimente este problema"



Diante do número elevado dos problemas sociais, como fome, obesidade e desperdício, o Conselho Federal de Nutricionistas (CFN), junto com os CRNs, instituíram em 2011 a Campanha Nacional de utilidade pública para sensibilizar e mobilizar profissionais, entidades e população para o problema e procurar incentivar atitudes mais concretas para soluções em seus espaços de trabalho e de convivência.
Além de ações na internet, intervenções de rua em pontos estratégicos de alta circulação, serão realizadas, simultaneamente, atividades junto à população em 10 capitais brasileiras, no Dia do Nutricionista (31 de agosto), incluindo SÃO PAULO.

Na internet o Hotsite www.falanutricionista.com.br está disponível para acesso e para maiores esclarecimentos sobre a Campanha.

A Campanha, em São Paulo, organizada pelo CRN-3, acontecerá nos dias 30 e 31/08, na Estação Pinheiros da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), tendo por objetivo conscientizar a população para esses problemas que envolvem a saúde e a alimentação no nosso país.

No dia 30 de agosto, a divulgação da Campanha contará com promotores, que farão uma sensibilização para as ações do dia seguinte, entregando flyers explicativos aos usuários da estação.

No dia seguinte (31/08 - dia do Nutricionista), a ação estará centralizada em um stand montado dentro da Estação Pinheiros de trens da CPTM, onde há interligação com a linha amarela do Metrô. Nesse stand estarão de plantão nutricionistas e estudantes dos cursos de nutrição, no período de 14h às 20 horas para dar orientações e esclarecer dúvidas da população sobre alimentação e nutrição. E, as pessoas que quiserem, ainda poderão participar da brincadeira da roleta para concorrerem a um brinde especial - um prato artístico decorado e assinado por Athos Bulcão.

Em São Paulo, o CRN-3 conta com o apoio institucional da CPTM e com a colaboração das Universidades Anhembi Morumbi, São Camilo e Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU).


Participem da campanha do CRN!GRande abraço
Viviane




Dia do Nutricionista

Hoje é DIA DO NUTRICIONISTA!
Escrevo para parbenizar todos os colegas de profissão, pelo empenho em exercer com sabedoria e competência nossa profissão!

Agora, neste dia tão importante para mim, quero agradecer de coração todos que gostam tanto desta profissão, quando acompanham o blog, quando fazem os comentários e procuram o profissional nutricionista para melhorar qualidade de vida!

Obrigada por acreditarem em nossa profissão.

Grande abraço.

Viviane

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Imunidade baixa

      O que devemos fazer para nos mantermos saudáveis?
      Mas o que ser saudável?
      Estas são questões que muitos pensam, mas nem sempre sabem as respostas. Muitos também, sabem as respostas. Mas quantos colocam em prática??? Quantos fazem alguma coisa para se manter saudável?
     Hoje quero falar da imundade baixa. Um estado que pode acontecer em decorrência de certas doenças ou até pelo uso de alguns medicamentos.
    Mas pode acontecer também por estresse e má alimentação!
    Vou listar alguns nutrientes importante para manter sua imunidade em alta!
     -  Ômega-3 = auxilia evitando a inflamação das artérias, com isso colaborando na imunidade. Exemplo de fontes alimentares: azeite, salmão.

     -  Selênio = ótimo antioxidante.Exemplo de alimento fonte: castanha do pará.

     -  Vitamina C = frutas cítricas, brócolis, couve, pimentão, gengibre.

     -  Ácido fólico = feijão, vegetais como brócolis, couve, espinafre, cogumelo (shimeji), fígado.

      Bom estas são algumas dicas para manter sua imunidade em alta. Tente também controlar o nível de estresse! Dormir bem, manter uma alimentação equilibrada e colorida é fundamental!

     Abraço
         Viviane

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Dia Nacional do Controle do Colesterol

Hoje é um dia importante, assim como vários que tiemos nas últimas semanas..... Dia Nacional do Controle do Colesterol.

Para muitos parece uma tortura, mas não... Antigamente a lista de restrição alimentar para quem apresentação colesterol elevado era grande. Boa notícia... 
Hoje a lista de alimentos que colabora com a saúde do colesterol é grande!
Algumas dicas:
- farelo de aveia, farinha de linhaça, as fibras em geral, ajudam a reduzir os níveis de colesterol;
- as oleaginosas como castanhas ou amêndoas, por exemplo, apesar de calóricas possuem boa quantidade da gordura benéfica para o colesterol;
- o azeite de oliva também é uma boa opção para manter alto o HDL, o bom colesterol.

 Além das dicas de alimentos saudáveis para o colesterol, dicas como manter o peso adequado e a prática de exercício físico regular são de grande importância!!!

    Grande abraço!
        Viviane

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Dia Mundial da Amamentação

Hoje é dia Mundial da Amamentação.
Vamos incentivar o aleitamento materno exclusivoo até os seis meses. É a atitude certa para seu bebê!
Esqueçam alguns mitos:
- beber cerveja preta aumenta a produção de leite = o que estimula a produção de leite é o estímulo, ou seja, a sucção que o bebê faz, a tranquilidade da mãe, enfim, bebida alcoolica não é nada saudável durante a amamentação. O ieal é beber bastante água!
- leite fraco = não existe leite fraco, o que existe é pega errada, ou seja o bebê não consegue mamar adequadamente, por qualquer que seja o motivo, e continua com fome... O que se deve fazer? Corrigir a pega para a adequada amamentação!
- está muito calor e meu filho precisa de água! = mentira....a amamentação é suficiente para manter seu filho bem hidratado, sem a necessidade de até os seis meses, com amamentação exclusiva, colocar qualquer outra bebida.

   Bom, o período de amamentação é um período mágico, de intensa troca de amor e carinho entre uma mãe e um filho! Aproveitem esta oportunidade! Seus fillhos vão agradecer!!!

            Grande beijo,
                  Viviane

sexta-feira, 29 de julho de 2011

Síndrome dos Ovários Policísticos

     A síndrome do ovário policístico (SOP) é um distúrbio endócrino complexo e heterogêneo. É caracterizada por disfunção ovariana, manifestada clinicamente por anovulação crônica, oligoamnorréia (ciclo menstrual irregular) , hiperandrogenismo, infertilidade e presença de ovários morfologicamente policísticos.
     A SOP tem sido frequentemente associada a desordens metabólicas, como síndrome metabólica e resistência à insulina, aumentando as chances de desenvolver diabetes, dislipidemias (alteração de colesterol e triglicérides) e com tudo isso, um risco aumentado para doenças cardiovasculares.
     O tratamento é multifatorial, individualizado para cada caso. Por exemplo, se a mulher é diagnosticada com SOP e além disso está acima do peso, o tratamento deve englobar não apenas os eventos ligados a síndrome, como também visar a redução do peso corporal.
     A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS - elevação da pressão arterial) é uma condição clínica multifatorial e constitui um dos principais fatores de risco cardiovascular. Sua relação com a SOP ainda não está bem esclarecida, mas um recente estudo pulicado na Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, concluiu que a frequência de mulheres com valores de pressão arterial  acima do limite da normalidade foi significativamente superior em mulheres com a SOP em relação ao grupo controle (mulheres saudáveis).
     Além disso, os valores elevados de pressão arterial se correlacionaram com outros fatores de risco cardiovascular. Isso é um grande alerta para a relevância de estratégias preventivas em mulheres com  a síndrome do ovário policístico, no sentido de evitar eventos mórbidos relacionados ao sistema cardiovascular.
       Portanto mulheres, vamos cuidar da nossa saúde, do nosso peso, do consumo de sal, sempre pensando em uma alimentação saudável, com prazer!!! Merecemos!
           
         Grande abraço
                   Viviane
            

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Dia Mundial do Combate a Hepatite

Vídeo interessante do Hospital Einstein com informações rápidas e de fácil entendimento sobre Hepatite.


Abraços...
Viviane

sexta-feira, 22 de julho de 2011

Gengibre

O gengibre (Zingiber officinale) é uma planta herbácea originária da ilha de Java, da Índia e da China.

Como planta medicinal o gengibre é uma das mais antigas e populares do mundo. São muitas as propriedades terapêuticas. Entre elas: tratamento contra gripes, tosse, resfriado, náusea e uma pesquisa recente mostrou sua eficácia no alívio de dor de cabeça.

O estudo foi feito com pacientes norte-americanos que ingeriram 500 a 600 mg (aproximadamente um terco de uma colher de chá) de gengibre em pó misturado com água pura. Após 30-40 minutos, percebeu-se o efeito no alívio da dor de cabeça.  Uma receita fácil para aliviar as dores da enxaqueca é o chá de gengibre: 1 colher (chá) de gengibre ralado + 1 xícara de chá de água. Despeje o gengibre na água e ferva por cinco minutos. Coe. Você pode consumir o chá de manhã, de tarde e mais uma vez de noite.

Além de todas essas propriedades, o gengibre contém antioxidantes, que por sua vez melhoram a imunidade e previnem o envelhecimento precoce.

O gengibre também é considerado termogênico, com isso, ele consegue acelerar o metabolismo, contribuindo no processo de reução de peso. Mas lembre-se, para este efeito emagrecedor, sozinho não basta!!! É necessário a incorporação de hábitos saudáveis! O que ajuda muito é mastigar gengibre entre as refeições, além de ajudar no metabolismos, ajuda no controle da ansiedade para que está sempre com a necessidade de mastigar alguma coisa!!!

Aproveitem as propriedades do gengibre!!!

Grande abraço
Viviane

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Fast food

     Um restaurante de fast food quer "atacar" o Brasil. O restaurante, que diz ser contra franquia por acreditar que a qualidade do produto é reduzida, vê o Brasil como novo alvo de negócio.
     Tudo começa pelo nome do local: Heart Attack Grill (livre tradução: Grill do Infarto). Os clientes são os "pacientes", recebem um avental, tipo de hospital na entrada, as garçonetes são as "enfermeiras" e os pedidos são as prescrições médicas. O médico é o dono do restaurante. Os lanches podem chegar a ter 8  mil calorias, isso mesmo...oito mil! Outro absurdo é o lema da empresa: "o sabor pelo qual vale a pena morrer".
     Outro ponto colocado pelo dono se a favor do ganho de peso constante, já que, quem tem mais de 160kg, come de graça!!!
    
     Cada pessoa tem o direito de escolher o que quer comer e como quer viver. Mas acho um grande desrespeito esta atitude, já que enquanto, muitos se preocupam com a saúde, com o bem estar e qualidade de vida, esta "filosofia" coloca de maneira irônica a vida do ser humano.
     Não sou contra o consumo de hamburguer, sanduíche, enfim, guloseimas são gostosas! O que não concordo é que a vida seja feita disso, como se fosse normal.
     Ainda luto, e lutarei sempre pela educação, orientação e aconselhamento nutricional, promovendo hábitos alimentares saudáveis, e com muito prazer!!!

                Grande abraço a todos!
                          Viviane

sexta-feira, 8 de julho de 2011

É possível emagrecer neste frio?

        É só chegar o frio que "bate" aquela fome!!! O tempo todo pensando em comida. Dieta no inverno, nem pensar...só se for de engorda!!!
        Quem pensa assim...se engana!
        No inverno nosso metabolismo está mais acelerado, o que facilita perder peso. Isso acontece pois, é necessário manter a temperatura corporal, que resfria com a baixa temperatura, com isso, o trabalho do nosso organismo é maior. Esta é uma explicação bem popular, sem entrar em detalhes fisiológicos.
        Sendo assim, seria mais fácil emagrecer, já que nosso metabolismo está mais rápido. Porém, o que acontece é que, muitas pessoas se atrapalham nas escolhas alimentares. Nesta época muitos fogem das verduras, legumes e frutas, partindo para coisas quentes, com o intuito de aquecer. Só que nesta opção, acabamos ingerindo mais calorias do que vínhamos consumindo, e ainda assim, aliado a redução de exercício físico (muitos resolvem parar atividade física nesta época!). Com esta matemática, o resultado final não pode ser diferente: ganho de peso!
         A minha dica principal é que se mantenha a alimentação normalmente. Desta maneira você nem vai pensar muito no que comer...

         Dicas para conseguir manter a alimentação e os lanchinhos com fruta e iogurte, o consumo de salada, normalmente abandonados no frio:

        - inicie a refeição com a salada, para depois finalizar com o prato quente, ou então misture a salada com a comida;
        - prefira o consumo de legumes, pois eles podem ser consumidos quentes. Cozinhe os legumes na água ou no vapor, tempere no prato com azeite, e consuma ainda quente;
        - sempre depois de cada lanchinho com fruta ou iogurte, tome algo quente, como por exemplo, chá ou café, sem adição de açúcar. Prefira os chás sem cafeína, pois ela pode interfeir na absorção do cálcio, por exemplo;
       - substitua o iogurte por um copo de café com leite desnatado, sem adição de açúcar. O valor calórico será o mesmo;
      - para quem reduz o consumo de água no frio, também indico o consumo de chá, caso consiga ingerir sem adição de açúcar. Desta maneira o consumo é livre;
  
            Bom, espero que as dicas ajudem a desmistificar a redução de peso no inverno e, curta o frio!!!
            Aproveite a época com o que ela tem de mais bonita e elgante!
             
              Grande beijo
                     Viviane

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Refrigerantes

     Um estudo da Universidade do Texas e do Centro de Ciência Médica de San Antonio (EUA), apresentado na Conferência da Associação Americana de Diabetes mostrou que os refrigerantes dietéticos, apesar do sabor doce e da falta de calorias, podem ajudar a aumentar o peso de quem os consome.


     Segundo a pesquisa, as pessoas que consumiram o refrigerante dietético tiveram um aumento da circunerência abdominal. Este aumento de peso poderia ser pela presença do aspartame (adoçante artificial) que por sua vez tem sido relacionado ao aumento do apetite, fazendo a pessoa comer mais.
 
     O estudo precisa ainda de mais pesquisas complementares.
    
     Eu sempre digo que não é pelo fato do refrigerante dietético ser isento de calorias que pode ser consumido á vontade, e muitas vezes em substituição a água!
 
     Sempre explico que apesar de baixa caloria, o refrigerante pode conter substâncias consideradas anti nutricionais, afetando assim a disponibilidade de minerais importantes em processos metabólicos, e reponsáveis pelo equilíbrio do organismo.
 
     Além disso, pela minha experiência, pessoas adepatas aos produtos diets e lights muitas vezes se enganam, consumindo estes alimentaos em maior quantidade do que as versões tradicionais.
 
     Portanto, cuidado!!!
          Beijos
             Viviane

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Cãimbras

   A sensação de cãimbra não é nada agradável. A dor pode ser muito incômoda e forte, até continuar doendo após o episódio propriamente dito. Isto acontece pois, a cãimbra tem como causa básica a excitação dos nervos que estimulam os músculos, por isso, muitas vezs após o ocorrido fica a sensação de dor muscular. Esta excitação pode ser causada por diversos motios, como por exemplo:
  • desequilibrio de alguns minerais, como magnésio e cálcio, e não apenas o potássio;
  • por gravidez ou exercicío vigoroso, por excesso de ácido láctico ou fadiga aguda das fibras musculares;
  • perda de água e sal no organismo através de suor excessivo;
  • origem vascular (por uma isquemia local);
  • neuromuscular (por uma miopatia alcoólica);
  • origem metabólica (intoxicação por cafeína, hipoglicemias, intoxicação por colchicina, etc.);
  • alguns medicamentos como diuréticos, por exemplo;
  • anemia;
  • entre outras...
    Então, colocarei algumas dicas para evitar as cãimbrras!
  1. Realizar, com orientação alongamento antes e depois do exercício físico.
  2. Manter boa hidratação! Com ou sem exercício precisamos nos manter bem hidratados para evitar distrúrbios de eletrólitos. Lembre-se que nem sempre sentimos sede se estamos deidratados, mas sentir sede em algum momento é um sinal de desidratação. Pessoas desidratadas apresentam urina muito amarelada e normalmente com cheiro forte, enquanto que um corpo hidratado produz urina clara e sem cheiro
  3. Para quem tem a chamada cãimbra noturna, os dois itens acima são importantes: alongar antes de dormir e estar bem hidratado.
  4. Quando a causa pode ser por falta de minerais como:
    • POTÁSSIO: alimentos fontes importantes - cereais, arroz integral, batata, beterraba, cenoura, suco de laranja, vegetais crus. Aproveite também a água de cocção dos vegetais, pois ela fica rica em potássio, portanto, uma sopa no frio...é rica em potássio!
    • CÁLCIO: alimentos importantes - leite e derivados além dos vegetais de folha verde escura.
    • MAGNÉSIO: fontes alimentares importantes - Cereais integrais, gérmen de trigo, nozes, camarão, quiabo, acelga, grãos de soja, damasco seco.
Espero que as dicas ajudem...

Grande abraço
Viviane

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Ração Humana

Esta semana, a ANVISA colocou em questão a eficácia e as alegações sobre a ração humana. Quem me conhece, meus pacientes, sabem da minha opinião sobre os chamados substitutos de refeição.

Em primero lugar, acho complicado dizer que a ração humana pode substituir a refeição, sendo que existem várias combinações dependendo do fabricante, ou seja, não existe uma padronização.

Segundo, sem existir a padronização, quem garante o equilíbrio nutricional para substituir uma refeição?

Terceiro, se colocamos como refeição equilibrada aquela que apresenta todos os grupos de alimentos como: carboidratos, proteínas de origem animal e vegetal, além de alimentos fontes de vitaminas e minerais, muitas das formulações presentes na ração humana, fica a desejar!

Quarto ponto que coloco é: qual substância milagrosa em qualquer substituto de refeição, assim como na alegação para a ração humana, é milagrosa e faz emagrecer? Pois é, isso mesmo, nenhum! A verdade é que você substituindo a refeição, deixa de comer gorduras em excesso de outra refeição que talvez era hábito, como por exemplo, sanduíches, pizzas, ou até mesmo um prato de comida, mas com um bife frito, por exemplo?

O que quero dizer é que concordo com a ANVISA!!! É preciso regulamentar e fiscalizar!!! Não podemos ser "bombardeados" com produtos que trazem alegações falsas.
Não que comer fibras, não que não recomendamos uma alimentação ricas em cereais, enfim, o que não dá para falar que isso fará todo mundo emagrecer!
Lembrem-se, cada caso é um caso, e com ajuda de um profissional habilitado, você conseguirá, não apenas um peso "legal" para você, mas um peso saudável... ou até melhor, uma VIDA SAUDÁVEL!

Mais informações, pode procurar no site da ANVISA. A nota foi publicada nesta terça feira (07/06).

Grande abraço!
Viviane

sábado, 4 de junho de 2011

Café da manhã!

De toda a minha experiência em atendemineto nutricional (desde 2001!) uma única atitude das pessoas é extremamente comum. A grande maioria das pessoas, seja criança, adolescentes ou adultos, não realizam o café da manhã ao acordar.
Os motivos podem variar, entre eles, sem fome, enjôo, preguiça de preparar e de acordar mais cedo, correria...sempre atrasado... As explicações para não realizar o café da manhã são diversas.
Primeiro ponto (para convencer a realização desta refeição...risos...) está no próprio nome: DESJEJUM = já diz que é necessário interromper o jejum forçado da noite! Ou seja, se tem este nome, é porque é importante!
Segundo ponto: nosso corpo diminui o metabolismo enquanto não realizamos atividades intensas e quando estamos muito tempo sem comer. Isto acontece sempre enquanto dormimos, certo? Então, mais um motivo para começar o dia se alientando, pis desta maneira colocamos nosso organismo para gastar energia! Até porque começaremos as atividades diárias, que gastam energia!
Mas agora, o que comer? O desjejum é considerado uma das três refeições principais do nosso dia (as outras são o almoço e o jantar), portanto precisamos comer um alimento de cada grupo nesta refeição: carboidratos + proteínas + vitaminas e minerais. Então, um exemplo de café da manhã ideal seria pão + leite + fruta.
Muitas pesquisas estão mostrando que um café da manhã rico em proteína ajuda controlar a ingestão de alimentos do resto do dia, portanto vale a pena, manter um carboidrato, para que possamos fornecer energia ao acordar, porém com uma maior proporção de proteínas, enriquecendo esta refeição com queijo, oleaginosas e pouco carboidrato.
Nosso avós já diziam...café da manhã deve ser de rei!
Vamos dar mais valor a esta refeição!!!
Agora, lembre-se, que o ideal é que você conheça suas quantidades ideais, pois cada caso é um caso, e somente um profissional habilitado poderia te ajudar!!!
Grande abraço, e bom café da manhã!
Viviane

sexta-feira, 13 de maio de 2011

Anemia

Anemia é a redução da concentração sanguinea de hemogloblina (pigmento que dá a cor aos glóbulos vermelhos e que tem como principal função transportar o oxigênio dos pulmões aos tecidos).
A anemia pode ocorrer decorrente de diversas causas e pode ser de diversos tipos também.
Muitas vezes a pessoa não apresenta nenhum sintoma, porém o mais comum é a sensação de fadiga ou fraqueza, o que pode estar relacionado também com outros problemas de saúde ou até mesmo confundir com um período de vida conturbado. Em casos mais graves podem ocorrer palpitações, falta de ar.
O diagnóstico é realizado normalmente pelo exame de sangue.
A orientação nutricional deve estar de acordo com o tipo de anomia diagnosticada. Colocarei aqui alguns tipos.

A) Carência de ácido fólico
Alimentos fontes: carnes, levedo de cerveja, cereais integrais, gérmen de trigo, espinafre, brócolis, salsinha, beterraba crua, amendoim, gema de ovo, fígado, feijão, peixes.

B) Anemia ferropriva (deficiência de ferro)
•Dieta rica em alimentos fontes de ferro principalmente carnes e leguminosas.
•Utilizar no almoço e jantar alimentos que ajudem a absorção como alimentos fontes de vitamina C como laranja, limão, goiaba, acerola, maracujá, enfim todas as frutas cítricas. Caso queira na forma de suco, ingerir imediatamente após o preparo, pois a vitamina C é facilmente perdida. Vide a tabela de alimentos fontes de vitamina C, e qual a quantidade necessária para suprir nossas necessidades.
• A vitamina C se perde facilmente, portanto uma dica: cozinhe rapidamente os alimentos e consuma imediatamente. Você pode aproveitar a água do cozimento em outra preparação, já que uma parte da vitamina C fica na água.
• Evitar os alimentos que diminuem a absorção como, por exemplo, chá mate, preto, verde e branco, café, chocolates, leite e derivados logo após as refeições grandes como almoço e jantar.
• Não utilize preparações no almoço e jantar que contenham leite e derivados como ingrediente, pois o cálcio diminui a absorção do ferro. Exemplo de preparações que devem ser evitadas: molho branco, salada com queijo, lasanha ou panqueca de queijo, etc.

Estas informações são apenas dicas rápidas. É de grande importância procurar um profissional habilitado para o tratamento efetivo.

Grande abraço!

Viviane

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Alimento para o cérebro

Mulheres em idade fértil já deveriam pensar na ingestão adequada de ácido fólico, pois esta vitamina é fundamental para a boa formação do cérebro, além da memória, o que tem mostrado algumas pesquisas. Esta vitamina está presente nos ovos, leites, batata, peixes, vegetais como espinafre, rúcula, couve (verde escuro), batata, feijão. Normalmente, esta vitamina é utilizada como suplemento nutricional durante a gestação. O primeiro semestre é o principal para se ter o ácido fólico em quantidade adequada, pois é período de maior formação do bebê.

Depois do nascimento, alimentação a ser oferecida para o bebê também é importante para o bom desenvolvimento cerebral. Após os seis meses de vida (período de aleitamento materno exclusivo) é importante que a alimentação da criança tenha leite e carnes, pois são alimentos ricos em vitamina do complexo B, importante para o sistema nervoso!

Os flavonóides têm sido apontados como substâncias protetoras dos neurônios, além de melhorarem a memória. Estão presentes nas frutas como amora, uva, framboesa, frutas cítricas, repolho, brócolis, chá verde, vinho, porém lembre-se que o álcool não colabora com amemória!!!

Os alimentos como os peixes (salmão, sardinha, atum...), as nozes e as castanhas contém ômega 3, nutriente importante também para impedir a morte precoce dos neurônios, consequentemente também ajudam na memória.

Muitas pesquisas têm mostrado a relação da deficiência da vitamina B12 com demência, mal de Alzheimer.

Agora, podemos nos ajudar com as anotações, com as leituras, isto também colabora com a boa memória!!!
Beijos
Viviane

segunda-feira, 2 de maio de 2011

PRÊMIO TOP BLOG 2011

É com grande satisfação que comunico nossa terceira participação no Prêmio TOP BLOG.


Desta vez torcndo pelo promeiro lugar!!!!


Em 2009 conseguimos ficar entre os 03 mais votados;


Em 2010 conseguimos o 2º lugar...


e, em 2011, conseguiremos ser o PRIMEIRO!!!


Muito obrigada a todos que acompanham o blog!

Esta conquista é de vocês também!


Grande beijo

Viviane

terça-feira, 26 de abril de 2011

Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial

Hoje é o Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial! Aproveitem algumas matérias do blog com dicas sobre o sódio... o grande vilão da hipertensão arterial.

Acho a hipertensão uma doença silenciosa, pois nem sempre você sabe que sua pressão está elevada! E as consequências de um controle ruim são: problemas coração, derrame, insuficiência renal.

Outras atitutides importantes para o combate são: manter o peso ideal, praticar atividdade física programada, manter alimentação saudável e equilibrada.

O sal é um conservante, portanto, não está presente apenas nos alimentos salgados... Então atenção para todos os alimentos industrializados, como doces, bebidas, entre outros!

Se cuidem!!!

Grande abraço!

Viviane

sexta-feira, 15 de abril de 2011

Comer batata???

Um estudo mostrou que servir uma refeição com batata (exceto frita) para crianças pode estimular um consumo maior de vegetais. Este estudo analisou 11.500 crianças entre 5 e 18 anos através de dados do National Health and Nutrition Examination Survey 2001-2008. Crianças que consomem batatas têm dietas mais ricas em nutrientes, em geral, e na verdade comem mais de outros vegetais", diz Adam Drewnowski, autor da pesquisa. Segundo ele, não houve diferenças na prevalência de sobrepeso ou obesidade entre crianças que consumiram ou não batata. Meus comentários Coitadinha da batata...sempre rejeitada por quem quer emagrecer! Eu como uma apreciadora de batata, risos, recomendo sim seu consumo para quem gosta e mesmo para quem quer emagrecer. A batata é rica em nutrientes (vitaminas e minerais), é saborosa e pertence ao grupo dos carboidratos, portanto a dica é... saber a quantidade adequada para ser consumida. Quando você optar pela batata, deve evitar o arroz na mesma refeição. Escolha apenas um carboidrato por refeição. Sempre digo que um problema do carboidrato é o seu preparo e acompanhamento!!! Imagine a batata sautté com molho branco... a batata frita...enfim, já deu para perceber, certo? É como o macarrão. Será que o problema não está na escolha dos molhos??? A batata crua contém o amido resistente que é uma forma de amido resultante da degradação do amido não absorvido pelo intestino delgado. Assemelha-se assim às fibras insolúveis, portanto, é capaz de ajudar o funcionamento intestinal e no maior tempo de saciedade. Mas ninguém come batata crua! Alguns estudos mostram que o cozimento reduz este amido resistente, perdendo estas propriedades. Porém, o resfriamento foi capaz de aumentar em a quantidade de amido resistente. Então aí vai uma dica: cozinhe a batata no dia anterior ao consumo. Armazene em geladeira até seu consumo, e ao invés de aquecer novamente, consuma como salada! A batata temperada com azeite de oliva e orégano é uma delícia. Uma batata média tem aproximadamente 110 calorias por porção, o que é a mesma coisa que quatro colheres (de sopa) de arroz. Para que pratica atividade física, a batata é uma ótima fonte de energia! Bom, espero que as informações sejam úteis!!! Grande abraço! Viviane

sexta-feira, 8 de abril de 2011

Teste sua Alimentação

A Coordenação Geral da Política de Alimentação e Nutrição (CGPAN) relaciona-se, na estrutura orgânica do Ministério da Saúde, ao Departamento de Atenção Básica da Secretaria de Atenção à Saúde . Tem como principal missão implementar ações de acordo com as diretrizes da Política Nacional de Alimentação e Nutrição (PNAN) com vistas a garantia de condições de saúde adequadas à população brasileira.

Abaixo coloco um link com um teste para avaliar sua alimentação. Vale a pena fazer....

http://nutricao.saude.gov.br/teste_alimentacao.php


Grande beijo

Viviane

Saúde e indústria assinam acordo para reduzir teor de sódio em alimentos

Ontem, dia 07/04 foi comemorado o Dia Mundial da Saúde, e foi neste dia também que o governo federal e as indústrias de alimentos processados firmam um acordo para redução gradual de sódio em 16 categorias de produtos. O documento define o teor máximo de sódio a cada 100 gramas em alimentos industrializados. Algumas metas devem ser cumpridas pelo setor produtivo até 2012 e aprofundadas até 2014. Massas instantâneas - a quantidade fica limitada a 1.920,7 miligramas (ou 1,9 grama), até 2012. Isso representa uma diminuição anual de 30%. Pães de forma - o acordo prevê redução do teor máximo de sódio para 645 miligramas, até 2012, e para 522 miligramas, até 2014. Bisnaginhas - o limite será de 531 e 430 miligramas, nas mesmas datas que o pão de forma. Essas metas estabelecidas correspondem a uma redução de 10% ao ano. Está previsto, também, o estabelecimento de metas, ainda em julho deste ano, para o pão francês, os bolos prontos, as misturas para bolos, os salgadinhos de milho e as batatas fritas. Até o fim de 2011, será a vez dos biscoitos (cream cracker, recheados e maisena), embutidos (salsicha, presunto, hambúrguer, empanados, lingüiça, salame e mortadela), caldos e temperos, margarinas vegetais, maioneses, derivados de cereais, laticínios (bebidas lácteas, queijos e requeijão) e refeições prontas (pizza, lasanha, papa infantil salgada e sopas). Segundo dados da Pesquisas de Orçamentos Familiares (POF) 2002/03, o consumo individual de sal, apenas nos domicílios brasileiros, foi de 9,6 gramas diários, o que representa quase o do dobro do recomendado pela OMS, que é de 5g por dia.
Este é um bom começo para melhorar a qualidadedos alimentos processados. O ideal seria com certeza uma alimentação mais natural possível, ou seja, sem consumir alimentos processados. Mas vamos ser realistas que hoje em dia isso fica um pouco difícil. Acho que este não é o único passo a ser tomado para que a população tenha hábitos saudáveis, porém é um começo de uma longa caminhada de conscientização de uma alimentação habitual saudável.

APOIO ESTA IDEIA!!! Grande beijo

Viviane

sexta-feira, 1 de abril de 2011

DIA NACIONAL DA SAÚDE E NUTRIÇÃO

Hojé é comemorado o dia da Saúde e Nutrição. Como as diversas comemorações, todo dia é dia de pensar em nossa saúde, mas determinar uma data, não deixa de ser mais uma oportunidade para se plantar uma sementinha e divulgar o assunto NUTRIÇÃO!


Vou colocar os DEZ passos para uma Alimentação Saudável - Ministério da Saúde


1. Faça pelo menos três refeições (café da manhã, almoço e jantar) e dois lanches saudáveis por dia. Não pule as refeições.

2. Inclua diariamente seis porções do grupo de cereais (arroz, milho, trigo, pães e massas), tubérculos como as batatas e raízes como a mandioca/macaxeira/aipim nas refeições. Dê preferência aos grãos integrais e aos alimentos na sua forma mais natural.

3. Coma diariamente pelo menos três porções de legumes e verduras como parte das refeições e três porções ou mais de frutas nas sobremesas e lanches.

4. Coma feijão com arroz todos os dias ou, pelo menos, cinco vezes por semana. Esse prato brasileiro é uma combinação completa de proteínas e bom para a saúde.

5. Consuma diariamente três porções de leite e derivados e uma porção de carnes, aves, peixes ou ovos. Retirar a gordura aparente das carnes e a pele das aves antes da preparação torna esses alimentos mais saudáveis!

6. Consuma, no máximo, uma porção por dia de óleos vegetais, azeite, manteiga ou margarina. Fique atento aos rótulos dos alimentos e escolha aqueles com menores quantidades de gorduras trans.

7. Evite refrigerantes e sucos industrializados, bolos, biscoitos doces e recheados, sobremesas doces e outras guloseimas como regra da alimentação.

8. Diminua a quantidade de sal na comida e retire o saleiro da mesa. Evite consumir alimentos industrializados com muito sal (sódio) como hambúrguer, charque, salsicha, lingüiça, presunto, salgadinhos, conservas de vegetais, sopas, molhos e temperos prontos.

9. Beba pelo menos dois litros (seis a oito copos) de água por dia. Dê preferência ao consumo de água nos intervalos das refeições.

10. Torne sua vida mais saudável. Pratique pelo menos 30 minutos de atividade física todos os dias e evite as bebidas alcoólicas e o fumo. Mantenha o peso dentro de limites saudáveis.


Bom, este é o começo!!!

Grande abraço e muita saúde!

Viviane

sexta-feira, 25 de março de 2011

Salmão e Mal de Alzheimer

Uma pesquisa israelense confirmou que comer peixes como salmão, ricos em Ômega 3, reduz os efeitos negativos do Mal de Alzheimer. O vilão dessa moléstia é um gene denominado APOE4, que está presente em metade dos portadores de Alzheimer e em 15% da população em geral.

Experimentos realizados com camundongos pelo professor Daniel Machelson, da Universidade de Tel Aviv, mostraram que a ingestão de alimentos ricos em Ômega 3 e baixos teores de colesterol reduziram significamente os efeitos negativos do gene.

O APOE é encontrado em todos os seres humanos e se apresenta em duas formas: um gene APOE 'bom' e um gene APOE 'ruim', ou APOE4.

- Condições externas que são geralmente consideradas boas podem ser prejudiciais se o rato for um portador do gene APOE4. Extrapolando esta experiência para a população humana, podemos dizer que os indivíduos com o gene APOE4 'ruins' são mais susceptíveis ao estresse causado por um ambiente que estimule o seu cérebro - diz Michaelson.

Expandindo sua pesquisa, Michaelson verificou que uma dieta rica em óleos de peixes com Ômega 3 neutraliza os efeitos nocivos do APOE4.

Fonte: Jornal do Brasil

Meus comentários
Já sabemos que vale a pena o consumo de alimentos ricos em ômegas e cada vez mais pesquisas mostram benefícios a mais. Agora, lembre-se que não vale fritar o peixe!!!O ideal é que ele seja assado, cozido ou grelhado.
Existe diversas espécies de salmão, isso faz com exista uma variação calórica de acordo com a espécie. Geralmente apresenta de 120 a 180 kcal por 100g de salmão cru. Já a quantidade de ômega 3 está presente em todas as espécies.
Aproveitem esta maravilha saudável!

Grande abraço
Viviane

sexta-feira, 18 de março de 2011

Sem lactose

Intolerância à Lactose (IL) é o termo utilizado para pessoas que não conseguem digerir produtos lácteos (leite e seus derivados). Esta impossibilidade de digestão geralmente ocorre em pessoas que não produzem a enzima lactase ou produzem-na em quantidade insuficiente para realizar a digestão da lactose. É normal que nosso corpo reduza a quantidade de produção de enzima lactase com o passar dos anos. Outra situação muito comum é a intolerância à lactose em crianças. No entanto, ainda na fase infantil, este tipo de intolerância alimentar, assim como intolerância ou alergia a ovo, nozes e outros alimentos pode ser passageira.
A Lactose é o açúcar do leite, um dissacarídeo que com a ação da enzima lactase, transforma-se em dois monosacarídeos: glucose e galactose. Estes carboidratos simples, depois de formados, são facilmente absorvidos pelo corpo. No entanto, a falta ou deficiência na produção da lactase faz com que a lactose chegue até o intestino grosso sem ser absorvida pelo organismo. Ela é fermentada por bactérias causando gases e sintomas típicos de indigestão.
O limite de lactose suportado, sem que os sintomas apareçam, é muito individual, ou seja, deve ser conhecido com a própria experiência. Obserando a inclusão e exclusão dos alimentos. O iogurte pode ser consumido, dependendo da tolerância. Os mais aceitos são aqueles que contêm os lactobacilos, que têm capacidade de fermentar a lactase em quantidade suficiente para a digestão da lactose.
Lembre-se que os alimentos que têm o leite como ingrediente pode não ser tolerado também!
Abaixo uma lista com os alimentos que contém lactose. Lembre-se de que alguns destes produtos possuem variação na sua composição, de acordo com cada fabricante. Os produtos que estão marcados com asterisco podem conter variações. Por exemplo: margarina está na lista de produtos sem lactose, mas algumas marcas utilizam leite em pó em sua fabricação. Por tanto, em caso de dúvida, verifique os ingredientes no rótulo.
Contém Lactose
Leite Condensado integral / desnatado
Creme de leite integral / desnatado
Leite integral /semi-desnatado / desnatado
Iogurte comum
Requeijão
Queijos frescos
Barras de cereais com cobertura de chocolate
Maionese industrializada
Achocolatados*
Pães para cachorro quente / cheeseburguer
Sopa creme instantânea*
Temperos em pó / tabletes*
Biscoitos recheados
Risoles
Panquecas
Molhos para saladas*
Salsichas*
Misturas para bolos
Purê de batatas

Além dos leites de soja, algumas empresas estão produzindo leites com baixo teor de lactose. Enquanto 1 litro de leite comum possui em média 4,9g de lactose, os leites com baixo teor de lactose possuem apenas 1g, quantidade digerível por muitas pessoas que possuem IL. Para as pessoas que não gostam do sabor da soja, os leites com baixo teor de lactose possuem grande vantagem, pois além de você ingerir os mesmos nutrientes do leite comum, o sabor fica inalterado. Além disso, ainda é possível utilizá-lo em diversas receitas que levam leite: doces, salgados, batidas, sorvetes, entre outras.

Mas lembre-se que a intolerância Pa lactose é confirmada com exame de sangue. As vezes as pessoas podem sentir um desconforto com o consumo de leite, porém não é diagnosticado intolerante. Por isso, não vá tirando este grupo alimentar de sua alimentação sem orientação adequada! Pode trazer prejuízos nutricionais.
Beijos
Até a próxima.
Viviane

sexta-feira, 11 de março de 2011

Autocompaixão

Uma nova questão na área de pesquisa de psicologia vem sendo discutida. É a chamada autocompaixão, que nada mais é do que a maneira que cada um se vê!
Pois é, sempre digo, e não é difícil de se ver no nosso meio, seja familiar, profissional, enfim, pessoas se desdobrando para ajudar o próximo...mas e a ele mesmo?
As pesquisas têm mostrado que ao aceitar nossas imperfeições, conseguimos cuidar melhor de nós mesmos, nos deixando mais otimistas e menos depressivos e ansiosos. Isto pode colaborar muito em qualquer tratamento.
Onde quero chegar???
Ora, se reconheço que preciso melhorar, se acredito que posso melhorar, um tratamento para redução de peso ou para incorporação de hábitos de vida saudáveis se torna muito fácil e tranquilo. Acontece naturalmente...
Pensem nisso!!!
Beijos
Viviane

sexta-feira, 4 de março de 2011

Marca-passo implantado no estômago controla fome

Marca-passo implantado no estômago controla fome

Aparelho é similar ao usado para o coração
DA ASSOCIATED PRESS

Há cinco meses, Patrick Hetzner implantou um marca-passo no estômago que pode controlar seu apetite. Desde que colocou o dispositivo, Hetzner, 20, um carteiro de Munique, perdeu mais de dez quilos. Ele faz parte de uma pesquisa clínica. Desde fevereiro, o dispositivo já é vendido em toda União Europeia.
O marca-passo é parecido com o usado para o coração. O aparelho transmite impulsos elétricos para "enganar" o estômago e o cérebro e dar a sensação de saciedade. Hetzner diz que sente os impulsos minutos após começar a comer. "Sinto uma pressão no estômago ou um beliscão, mas não é ruim." Ele fica satisfeito com metade da quantidade de comida. Até agora, 65 pacientes receberam o dispositivo. Metade está com ele há pelo menos um ano e a maioria perdeu 20% do peso.
Já existem outros marca-passos para estômago no mercado, mas muitos são usados para aliviar náuseas e vômitos, e não para combater a obesidade. O efeito colateral mais sério registrado foi uma infecção relacionada à cirurgia. Na Grã-Bretanha, a operação custa 15 mil euros (R$ 34 mil). Segundo a fabricante, a bateria dura cinco anos e cabe ao paciente decidir quanto tempo vai manter o aparelho. Hetzner quer ficar com o marca-passo por quatro anos. "Quero ter certeza de que meu corpo vai se adaptar a essa nova forma de comer."

Meus comentários
Esta matéria publicada na Folha de SP, mostra que o controle da saciedade é de extrema importância. Precisamos aprender a identificar nossas sensações, identificar quando já estamos satisfeitos. A grande maioria das pessoas só se sente satisfeito quando começa a passar até mal. Por isso sempre digo, primeiro identifique se está com fome ou vontade. Se for fome, repense na sua alimentação... será que você está muito tempo em jejum? Será que está comendo errado? Qual foi o horário da sua última refeição, será que tem mais de três horas? Se não tiver, provavelmente não é fome...
A identificação de sensações nos permite realizar melhores escolhas alimentares, além de impor limites! Aprenda a mastigar devagar, saborear o que está comendo...
Não faça da alimentação uma ação automática! Preste atenção, assim como você presta atenção enquanto dirige o carro... você pode fazer a mudança de marcha automaticamente, porém a ultrapassagem de outro carro é sempre bem pensado e calculado, certo? Com sua alimentação também... o ato de mastigar é instintivo, acontece naturalmente (observe o bebê, que o ensina?), porém o que e quanto comer não pode ser instintivo, deve ser pensando e calculado também!!!
Pensem bastante...

Beijos
Viviane

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Alguns efeitos do consumo de proteína no metabolismo energético

Uma pesquisa publicada na revista The American Journal of Clinical Nutrition mostrou que as proteínas exercem efeitos diferentes sobre o metabolismo energético, sobre a saciedade e glicemia.


As três refeições foram comparadas com uma refeição controle rica em carboidratos outra rica em gorduras. O objetivo era investigar como essas três proteínas podem influenciar no índice glicêmico e insulinemia.

Os participantes (23 no total) foram submetidos ao exame de calorimetria indireta que verifica o gasto energético de repouso. Depois, aleatoriamente receberam as refeições e controle e então o gasto energético de repouso medido novamente depois de cinco horas e meia após a refeição.

O efeito térmico foi maior com o consumo da refeição rica em whey protein, seguida da caseína e então da soja (Efeito térmico do alimento ou termogênese induzida pela dieta é a energia que o organismo gasta para digerir e absorver o alimento, que pode variar de acordo com a composição da dieta).

Com relação à taxa de oxidação de gorduras, novamente a refeição com whey protein se mostrou melhor, seguida da soja e então da refeição com carboidrato.

A glicemia também apresentou menor aumento com o consumo da whey protein (32%), enquanto que após o consumo de carboidrato, este aumento foi de 154%.

Analisando a saciedade, as refeições com caseína e soja tiveram um resultado melhor do que com whey protein. Este pode ser pelo fato da absorção da proteína whey ser mais rápida do que a da caseína e da soja.

Os autores concluíram que realmente o consumo de uma refeição rica em proteína tem um melhor efeito termogênico comparado aos carboidratos e gorduras, porém nunca tinha se avaliado as diferentes proteínas. Concluem também que não só as refeições ricas em proteínas possuem maior efeito térmico, mas também que o efeito térmico após o consumo de proteína do soro do leite (whey protein) foi significativamente maior do que após o consumo de caseína e soja, além do melhor controle glicêmico.

Portanto, minha conclusão é que as proteínas são importantes na alimentação. Observa-se pelo estudo que todas são benéficas, porém é importante também que exista equilíbrio entre os nutrientes, pois caso contrário, a função principal do nutriente pode ser desviada. Explicando melhor… o individuo que faz exercício físico, escuta que para “ganhar músculo” é preciso comer proteína. Esta afirmação não está errada, mas também não está totalmente certa, pois de nada adianta sobrecarregar no consumo de proteínas, se o carboidrato não está em quantidade adequada para fornecer energia. Lembre-se, sem carboidrato, a primeira fonte de energia são as proteínas!

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

ENERGÉTICOS

Notícia publicada no site da UOL

Uma ampla análise dos efeitos de bebidas energéticas com alto teor de cafeína sobre crianças e adultos jovens descobriu que elas estão vinculadas a uma série de ocorrências graves - incluindo taquicardia, pressão alta, e até mesmo paradas cardíacas fatais, e podem representar riscos especiais a jovens que tomam medicamentos ou sofrem de doenças crônicas.

O artigo, publicado na revista "Pediatrics", baseia-se em relatos de casos e estudos científicos da literatura médica, além de artigos de jornais, e descreve ações normativas conduzidas em outros países (Dinamarca, Turquia e Uruguai baniram as bebidas; a Noruega proíbe sua venda a crianças menores de 15 anos).

O estudo estimula os pediatras a discutir os riscos dos energéticos com os pacientes, especialmente aqueles com problemas cardíacos e distúrbios de comportamento ou humor - como o transtorno do déficit de atenção com hiperatividade. A grande quantidade de açúcar pode trazer riscos a diabéticos.

Uma bebida energética comum contém entre 70 e 80 miligramas de cafeína para cada porção de 225 mililitros, cerca de três vezes a concentração em refrigerantes de cola - mas pode trazer cafeína extra de outros ingredientes, como cacau, noz-de-cola e guaraná, segundo o artigo.

Funcionários da Associação Americana de Bebidas, um grupo comercial, dizem que o estudo perpetua a desinformação sobre as bebidas energéticas, e que o energético comum contém apenas a metade da cafeína de uma xícara de café


Meus comentários

Pois é, parece uma bebida tão tranquila, mas sempre disse que não era!
Muitos jovens, e adultos também, fazem uso dos energéticos pois estão cansados, precisam de mais energia para aguentar ritmo de estudos, trabalhos, enfim... Tem aqueles que usam estas bebidas pois acham qua ajudam a emagrecer, então bebem junto ou próximo do treino, e aí mora um grande perigo.
Além de todos os efeitos descritos no artigo, pessoas que usam os energétios junto com o exercício aumentam as chances de complicações. Lembre-se que o exercício físico pode desidratar uma pessoa se esta não de hidrata adequadamente. A caféina presente nestas bebidas também podem desidratar. Imaginem então o tamanho do perigo!!! A desidratação pode aumentar a frequência cardíaco e o prejuízo pode ser grande!
Peço ue consultem os profissionais especializados antes de utilizarem qualquer produto pela propaganda!!! Pode não valer a pena!
Beijos, se cuidem!
Viviane

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Espinafre do Popeye?


Uma questão levantada esta semana no mundo científico mostrou que Popeye, muito esperto, sabia o que estava falando, e comendo!!! Segundo ele, o espinafre o deixava mais forte!
Pesquisadores descobriram esta semana que o consumo de espinafre, todos os dias, pode aumentar a eficiência muscular. O consumo deve ser de 300g para que ocorra o benefício. Tarefa um pouco difícil... A substância responsável por este benefício é o nitrato, já que chegam com mais eficiência às mitocôndrias, o que consequentemente produz energia nas células.
Seu período de melhor produção (safra) é de julho a novembro e janeiro (aproveitem...!).
Para escolher uma boa folha, observe as que apresentam coloração verde escura, consistente, limpas e sem presença de bichos.
O espinafre também é rico em ferro e cálcio, sendo indicado portanto para anemia e ostoporose. Porém, embora apresente benefícios, ele contém grande quantidade ácido oxálico, substância que atrapalha a absorção do ferro, cálcio e outros minerais. Para minizar este efeito, consuma junto, alimentos fontes de vitamina C (frutas cítricas, pimentão, entre outros).
Também é rico em fibras, colaborando para um bom funcionamento do intestino.
O consumo de espinafre em excesso também não é recomendado para pessoas com problemas renais.
Bom, não precisa comer 300g por dia... o importante é manter hábitos saudáveis, que em conjunto só vão trazer bons resultados!!!

Grande beijo
Viviane

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Sugestões de lanches para levar para escola

As aulas começaram e agora vem a grande dúvidas dos pais...o que colocar na lancheira do filho???
Esta não é uma tarefa impossível, se se filho come bem, de tudo, você não terá problemas. Agora, se, seu filho só come guloseimas, pode ser um pouco difícil querer uma lancheira 100% saudável. O importante é que ele entenda a importãncia do lanche. É importante que a criança saiba que um lanche saudável pode ser muito saboroso!
Escolha um dia para a criança comer uma guloseima, de acordo com as regras da escola. Vamos a um exemplo: a criança tem duas festas no final de semana, já vai comer muitos doces, então porque não comer melhor durante a semana? Tente introduzir o conceito de compensação. Lembre-se que não adianta proibir, desta maneira tudo fica mais gostos, tudo chama mais atenção (lembre daquele nanorado(a) que seus pais nunca aceitaram...).
Bom, falando do lanche...
O lanche deve ser composto de um alimento de cada grupo para ficar completo e equilibrado nutricionalmente.
Carboidrato: pão, torrada, biscoito ou cereais como aveia, granola, musli
Proteína: queijo, peito de peru, margarina, requeijão
Proteína ou 1 Vitaminas e minerais: leite, iogurte, coalhada ou fruta ou suco


Combinação para o dia a dia
Carboidrato Proteína Bebida – proteína ou vitaminas e minerais
Pão de forma Queijo Iogurte
Pão francês Peito de peru Achocolatado
Bolacha sem recheio Requeijão Suco comum ou de soja
Bisnaguinha Polenguinho 1 água de coco
Patê
Cereal (pode ser um tipo ou um mix)

Observação: a fruta in natura pode ser oferecida no lanche todos os dias.

Variação da combinação para uma vez por semana
Exemplos:
1. Bolacha recheada + polenguinho + fruta
2. Bolo simples + iogurte + fruta
3. Cachorro quente(pão com salsicha e pequena quantidade de maionese) + suco
4. Pão com queijo + suco + chocolate (porção pequena)

Estes exemplos são apenas de caráter qualitativo, pois para cada criança existe uma necessidade calórica ideal, que depende de diversas variáveis como, por exemplo, idade, sexo, atividade física. Para ter noção das quantidades ideais, procure um nutricionista.

Bom lanche!!!

Beijos
Viviane