Pesquisar neste blog

Carregando...

PRÊMIO TOP BLOG 2013

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

Alergia a frutos do mar

Matéria publicada no site: http://www.vidasemglutenealergias.com
Interssante em época de praia...férias...

Os chamados ‘frutos do mar’ (camarão, lagosta, siri, lula, caranguejo, marisco, dentre outros) e os peixes desempenham um papel importante na saúde e nutrição humana. O crescimento internacional do produtos marinhos reflete a popularidade e alta frequência de seu consumo em vários países. Lamentavelmente, sua maior produção e consumo tem também levado no aumento da frequência de problemas de saúde – fundamentalmente alergias – entre os consumidores.

Nas comunidades e populações onde a alergia foi estudada, observa-se que a prevalência da alergia a produtos marinhos costuma ser maior quanto maior o seu consumo pela população em questão. Considera-se geralmente que os crustáceos (por exemplo camarão, lagosta, siri e caranguejo) e os peixes estejam entre os quatro grupo alimentares que mais provocam reações anafiláticas severas. De fato, em um estudo em que se analisaram as admissões por reações alimentares em unidades de emergência de hospitais norte-americanos, os crustáceos foram grupo mais frequentemente responsável pela reação em pessoas com idade superior a 6 anos.
Alguns estudos indicam que a alergia a peixes e frutos do mar estaria presente em 1,3% a 1,9% da população. E a alergia a peixes e crustáceos é comum não apenas no ocidente, como também em países asiáticos, em que é frequente e significativa tanto entre adultos como em crianças. No geral, a alergia a frutos do mar tende a persistir durante a vida toda.

Características clínicas
O padrão de sintomas alérgicos após a ingestão de frutos do mar é similar àquele que ocorre nas reações alérgicas à outros alimentos: a maioria das reações ocorre imediatamente e normalmente estas são comunicadas em um período de até 2 horas. Particularmente após a ingestão de crustáceos os sintomas podem ocorrer após minutos, e incluem coceiras, inchaço dos lábios, boca e faringe. No caso do camarão, a reação alérgica pode ser desencadeada após a realização de atividades físicas.
Reações cruzadas com outras fontes de alérgenos
Pessoas alérgicas a peixes e crustáceos frequentemente também afirmam serem alérgicas a ácaros e insetos. Acredita-se que estas ‘reações cruzadas’, como são conhecidas, ocorram em função da semelhança de uma proteína presente em todos estes grupos, as chamadas tropomiosinas. Ou seja, mesmo uma pessoa que nunca consumiu frutos do mar poderia tornar-se alérgica a estes através do contato com outras fontes de tropomiosina, como por exemplo ácaros e alguns insetos (como, pasmem!, baratas) que possuem a tropomiosina semelhante à presente nos frutos marinhos.

Tratamento
Embora novas tecnologias e descobertas possam mudar este cenário em um futuro não tão distante, em geral o tratamento das alergias alimentares, incluindo as alergias aos alimentos marinhos, é baseada na exclusão do alimento da dieta. A necessidade de indicar a presença de componentes e ingredientes derivados de alimentos marinhos já é de fato obrigatória em alguns países como os Estados Unidos, Japão e Europa.
Cabe destacar que, no entanto, as regulamentações com relação aos rótulos ainda são de certa forma limitadas. Primeiro, embora já existam testes para a detecção da tropomiosina de crustáceos (a proteína responsável pela reação alérgica), ainda é possível que os consumidores tenham reações cruzadas em função da presença da tropomiosina de outros insetos e ácaros nos produtos (muito semelhante à tropomiosina dos crustáceos), a qual não seria detectada por tais testes. Além disso, pode haver contaminação dos produtos através do uso dos mesmos equipamentos nas linhas de produção que recebem outros ingredientes, os quais contém os alérgenos. Espera-se porém que com o desenvolvimento de testes mais específicos e sensíveis será possível detectar a presença dos alérgenos de forma mais segura.
Vale lembrar que aos que desconfiam ter uma alergia a frutos do mar ou outro alimento recomenda-se sempre procurar um profissional da saúde especialista que poderá fazer exames para determinar a presença (ou ausência) e natureza da alergia, bem como recomendar o tratamento adequado.

Fonte: Lopata AL, Lehrer SB. New insights into seafood allergy. Curr Opin Allergy Clin Immunol. 2009 9(3):270-7

40 comentários:

  1. Cara Dra Viviane, seu artigo sobre alergias está simplesmente otimo, e graças a ele sei agora, o pq de minha alergia a peixes frescos, sendo q sardinhas enlatadas, não me causam reações alérgicas como aqueles. Minha reação alérgica causa-me inflamação dos seios nasais e uma enorme produção de catarro e tosse. o q acarreta enorme dores de cabeça e sinusitis, sintomas estes q consegui erradicar apenas com uma dieta macrobiotica por 6 meses. Contudo, apos abandonar tal dieta e não mais suportando comer arroz integral, a alergia a peixes retornou. Também sou alérgico a pó, polen, e acaros. Um grande abraço e continue aprofundando o assunto.

    ResponderExcluir
  2. Olá Alvaro! Que bom que a matéria colaboraou com você!
    Fico muito feliz.
    Obrigada por acompanhar o blog.
    Grande abraço
    Viviane

    ResponderExcluir
  3. Dra. gostaria de saber ate qto tempo depois de ingerir ostra a alergia pode surgir?
    Comi ostras num sabado a noite, na segunda feira pela manha, ja nao aguentava mais de tanta coceira pelo corpo. Mesmo depois de tantas horas e possivel essa reação?

    ResponderExcluir
  4. Olá Ro, primeiro peço desculpa pela demora!
    É possível os sintomas da alergia aparecerem de 2h até 3 dias após a ingestão do alimento. Por isso é muito difícil o diagnótico. Os frutos do mar são alimentos com grande poder de alergenicidade, por isso, cuidado com sua ingestão!
    Obrigada por acompanhar o blog!
    Beijos
    Viviane

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Dr: Viviane.
    Meu filho de 10 anos,teve alergia a Caranguejo.Ele apenas tocou e sentiu o cheiro.Seus olhos ficou vermelhos e muito inchado,nem abrir ele conseguia.Levei ao medico ele disse que era grave,pois a sorte que não afetou o pulmão dele.Mais ele ficou em observação por horas e 4 dias depois ainda está com os olhos vermelhos e roxo em volta das palperas.Fiquei com muito medo,jamais imaginei algo assim.Agora ele comeu peixe recentemente,mais não teve nada,graça a Deus.Umas duas semanas antes ele teve alergia a Jambo,e ficou com a boca e todo o corpo vermelho com bolinhas.Meu medo e que le tenha outras alergiaS.
    Pois minha filha de 14 anos, tem alergia a vários remedios.Gostaria de agradecer por nós ajuadar a entender melhor sobre alergia a crustácio.
    UM ABRAÇO!!!

    ResponderExcluir
  6. Olá! Pois é, alergia é um processo que merece atenção! Que bom que o artigo possa ajudá-lo!
    Grande abraço! Obrigada por acompanhar o blog!
    Viviane

    ResponderExcluir
  7. Sou alergica a camarão siri e fibra de crustaceos mas consumo peixe normalmente pretendo ir a praia sera que os peixes de la podem me causar alguma alergia pois sou asmatica e os sintomas da alergia é instantaneo

    ResponderExcluir
  8. Olá! Pode sim! Como dissemos é complicado falar de alergia pois o processo dependerá de alguns fatores, inclusive da sua imunidade, portanto, deve ficar atenta, pois se um dia comeu e não deu, não significa que nunca mais dará. Portanto, sempre tome cuidado, ok?
    Grande abraço
    Viviane

    ResponderExcluir
  9. Ola Dra. Gostei desta pagina pois estava pesquisando sobre alergia e vi esta. Estava almocando e comendo peixe e de repente minha boca comecou a inchar e tive sintomas como se fosse uma herpes. esta ja e a quarta vez que isto acontece. Os medicos me falaram que estou com a imunidade baixa e e por isto que isto acontece.Tenho alergia de po, acaro e mtas outras coisas. O que faco para isto nao acontecer mais? Obrigada, Di

    ResponderExcluir
  10. Olá Di! Que bom que tem acompanhado o blog!
    Para manter sua imunidade em alta é importante que sua alimentação seja equilibrada, rica em vitaminas e minerais (verduras, legumes e frutas), pois este é o grupo alimentar importante para o estado imunológico. Além disto manter quantidades adequadas de carboidratos (pães, massas, arroz, enfim...) e proteínas (carnes - de qualquer tipo, leite e derivados, grãos como feijão, ervilha, lentilha, entre outros)vão colaborar para um bom estado nutricional.
    Abraço! E obrigada por acompanhar o blog!!!

    ResponderExcluir
  11. Olá. Boa Tarde Dra. Viviane,
    Ontem presenciei uma situação crítica de uma pessoa adulta próxima a minha casa ao qual socorri levando-o de imediato a um pronto-socorro. Segundo a esposa dele, ele apenas sentiu o cheiro de camarão fresco que estava sendo cozido e caiu no chão com dificuldade de respirar. O que pode ser feito para curar ou amenizar essa "alergia" a frutos do mar ?
    DEUS a abençoe por ajudar pessoas com uma doença tão assombrosa.

    um abraço
    Vilmar Souza
    Macapá-AP
    vilmardc43@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Oi dra Viviane, meu filho fez um teste recente pra saber se era alérgico a pelo de animal(câo), e foi encontrado varias reações ao teste, como: mofo, barata, epitelio de animal, camarão, poeiras e inalantes, ele vem ficar comigo a cada 15 dias, e eu tenho um cão, esse teste foi feito pela mãe pra que eu não podesse trazer meu filho pra casa ALEGANDO QUE O CÃO FAZIA MAL A ELE, mas queria saber se deve me preocupar mais com a alergia ao camarão ou ao epitelio do animal? agradeço a resposta.

    ResponderExcluir
  13. Oi Vilmar! Pois é, infelizmente algumas pessoas são bem sensíveis, e a alternativa é realmente não comer o alimento que a pessoa é intolerante.
    Desculpe pela demora em responder! Espero que esta pessoa esteja bem agora!
    Obrigada por acompanhar o blog!
    Grande abraço
    Viviane

    ResponderExcluir
  14. Olá Henrique. A alergia ao pêlo de animal é ruim, principalmente se a humidade do ar não colabora, se o ambiente tiver muito tapete, enfim... Recomendo retirar tapete, carpete e bichinhos de pelúcia, para evitar mais focos.
    Quanto a alergia do camarão, esta pode ser perigosa por causar as vezes dificuldade de respirar. O ideal é não consumir o alimento.
    Agora, o importante é que seu filho tenha o acompanhamento médico, siga o tratamento adequadamente.

    Obrigada por acompanhar o blog!
    Grande abraço
    Viviane

    ResponderExcluir
  15. Olá! Dra.Viviane, gostei muito do que voce postou
    eu acredito que tive uma reaçao diferente ao das outras pessoas que postaram aqui.
    eu tinha ido a praia comi ostra e camarao durante dois dias, comecei a coçar o corpo e tomei um polaramine, passou um dia depois eu nao tomei fui pra praia do nada quando eu entrei no mar eu literalmente empolei toda da cabeça aos pés e comecei a enrugar e parecia uma velha de 70 anos,eu so tenho 16 anos sai as pressas com todo corpo estava dilatando tudo fui as pressas ao hospital eles me deram um remedio na veia fiquei no hospital durante 2 horas mais ou menos, ai foi desinchando tudo tive que tomar so suco natural de frutas vermelhas e coisas bem leves apareceram muita mancha branca no meu rosto eu ja tenho uma pele branquinha estava muito feia...gostaria de saber qual foia substancia que pode ter dado uma reaçao tao forte de maneira que eu me enrugasse, igual saiu uma nota na globo falando no japao uma jovem de 26 anos que tambem pareceia uma velha de 70 anos....

    ResponderExcluir
  16. Olá! Pode ter sido sim reação alérgica. É que as alergias são realmente de difícil diagnóstico. O importante é que você esteja bem...e se cuide!
    Esta semana realmente foi divulagada até a foto desta jovem. Está difícil reverter a situação, infelizmente!
    Obrigada por acompanhar o blog!
    Grande abraço
    Viviane

    ResponderExcluir
  17. Eliane...
    Olá! Já tive há três anos alérgia ao ingerir ostra.Cheguei a ter urticária.O tratamento durou um mês. Mas, atualmente estou tendo uma alergia onde aparecem bolhinhas na parte superior das mãos,nos cotovelos, e pés. Nas pernas as vezes surgi coceiras. Tento descobrir o que ocasiona tudo isso...acho q pode ser camarão ou uma espécie de peixe. Um forte abraço! Grata

    ResponderExcluir
  18. Olá Eliane! O melhor é evitar o consumo dos alimentos que você suspeita, para descartar as hipóteses. Mas realmente descobrir uma alergia não é tarefa fácil! Espero que dê tudo certo!
    Grande beijo, obrigada por acompanhar o blog!
    Viviane

    ResponderExcluir
  19. ola dra.viviane a uma semana fui a praia eresolvi esperimentar ostra.No outro dia apareceram manchas avermelhadas no meu braço e torax.Pode ser resultado da ingestao de ostras?

    ResponderExcluir
  20. Olá! Pode ter sido alguma reação alérgica sim. Fique atento e evite estes alimentos.
    Obrigada por acompanhar o blog!
    Grande abraço.
    Viviane

    ResponderExcluir
  21. Olá Dra. Bom dia. Minha filha teve reação alérgica a peixe com 10 meses(porque ingeriu) e com 3 anos
    (sem ingestão, possivelmente por algum contato - lábios inchados e urticária)..Hoje ela tem 4 anos mas longe do peixe ainda na sua dieta.
    Eu posso levá-la na praia mesmo ciente do que ela possa consumir?
    (óbvio sem entrar no mar e ingerir algum crustáceo ou peixe? Alimentação controlada).
    E também se ela está por exemplo em um local onde esteja fritando peixe e ela
    mesmo estando distante começar com urticária/coceiras
    por causa do cheiro/fumaça, posso associar a uma reação alérgica?

    ResponderExcluir
  22. Olá! O ideal é que você procure um médico especialista em alergia para avaliar o grau da mesma. Eu desconheço que o cheiro possa causar reação alérgica, por isso acho melhor consultar um especialista, ok? Desculpe a demora em te responder!
    Abraço
    Viviane

    ResponderExcluir
  23. Boa noite Dra. Viviane,
    gostei muito do artigo e gostaria de uma informação.
    Sou alérgica a frutos do mar e gostaria de saber se existe alguma capsula sintética de ômega-3 ou se todas são feitas de óleo de peixe.
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  24. Olá Maria Luiza! Primeiro peço desculpas pela demora em te responder. Não é difícil atingir a recomendação de ômega 3 pela alimentação. A ingestão recomendada para mulheres com de 14 anos é de 1,1g/dia.
    Para você ter uma ideia:

    Semente de linhaça, semente (1 colher sopa - 8g)= 1,5g de ômega 3 e 40 kcal
    Noz crua (1 unidade – 5g)= 0,44 de ômega 3 e 30 kcal
    Óleo de canola (1 colher sopa - 8g) = 0,54g de ômega 3 e 70kcal
    Óleo de soja (1 colher sopa - 8g) = 0,45g de ômega 3 e 70 kcal
    ou seja...consumindo linhaça diariamente, é possível atingir a recomnedação.
    Em farmácia de manipulação é possível obter o ômega 3 sem que seja a fonte de peixe.
    Experimente pela alimentação!
    Obrigada por acompanhar o blog!
    Abraço
    Viviane

    ResponderExcluir
  25. doutora,pessoas alergicas podem usar o calciodex,sendo que o mesmo contem carbonato de cácio,ou esse tipo de carbonato nao tem nada haver com ostras,neste produto medicamento?fiquei na duvida,pois um outro clacio dizia que nao era recomendado e esse nao diz nada!será outro tipo?obrigado!

    ResponderExcluir
  26. Olá! Aconselho que procure ajuda do médico respon´savel pela prescrição, ok? Grande abraço, Viviane.

    ResponderExcluir
  27. Dra. Viviane bom dia, minha esposa sempre cometeu frutos do mar com frequência e nunca teve problemas com isso, ontem fomos a um restaurante ela comeu pequena porção de risoto de camarão,quando chegamos em casa os seus lábios e rosto incharam, já se passaram algumas horas e o processo do inchaço continua, temos a certeza que é do camarão porque na segunda feira passada (12/11) fomos a uma festa, ela comeu um salgadinho de camarão tendo em seguida a mesma reação. É possível que a reação seja por conta do tempero? Nesse caso em uma primeira tentativa de melhora o que fazer? Polaramine ajuda? te agradeço pela atenção. Carlos Alberto - RJ

    ResponderExcluir
  28. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  29. Olá Carlos. Sua esposa está melhor?
    As vezes pode ser por conta da quantidade ingerida e do estado imunológico. É comum o relato de que as reações não acontecem sempre, mas como é difícil saber se vai ou não ter reação, a melhor saída é não consumir estes alimentos.
    Obrigada por acompanhar o blog!
    Desculpe a demora pela resposta!
    Abraço...

    ResponderExcluir
  30. Problemas de tireoide podem causar alergia a frutos do mar?

    ResponderExcluir
  31. Olá! Desconheço esta relação, porém se o sistema imunológico estiver debilitado por causa do hipotireoidismo, por exemplo, a reação pode ficar mais facilitada.
    Daí a importãncia de se cuidar sempre!
    abraço!
    Obrigada por acompanhar o blog.

    ResponderExcluir
  32. Boa tarde!

    Fiz aquele exame dos testes no braço e cresceu duas bolinhas, cerca de 2/3mm cada uma. Mesmo assim o médico disse que não tinha alergia à nada. Estes foram da parte de alimentos. Tenho coceiras e vermelhidão insistentes nos dois cotovelos, um seio e dedo da aliança. E neste final de semana, após comer uma quantidade pequena de camarão, surgiu um vermelhidão com coceira na barriga. Teriam alguma sugestão do que pode ser?

    Obrigada,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Débora! Pode ser que o resultado do exame não foi suficiente para diagnóstico de alergia, porém, existe casos de hipersensibilidade, e dependendo do seu estado imunológico naquele momento, cause algum tipo de reação na pele. O ideal é observar sempre, e cautela com estes alimentos! Grande abraço e obrigada por acompanhar o blog!

      Excluir
    2. Oi Débora! Pode ser que o resultado do exame não foi suficiente para diagnóstico de alergia, porém, existe casos de hipersensibilidade, e dependendo do seu estado imunológico naquele momento, cause algum tipo de reação na pele. O ideal é observar sempre, e cautela com estes alimentos! Grande abraço e obrigada por acompanhar o blog!

      Excluir
  33. boa noite, descobri que sou alergica a salmao, bacalhau, atum, camarao e mexilhao, sendo alergica a esses frutos do mar tenho duvida se posso consumir vitaminas de Omega3. Poderia me ajudar? Grata, Monica

    ResponderExcluir
  34. Oi Monica, como vai? É bom que você leia atentamente o rótulo do suplemento, mas acho melhor evitar e utilizar outros alimentos fonte de ômega, que não é tão difícil conseguir pela alimentação.Obrigada por acompanhar o blog e desculpe a demora em responder.
    Abraço
    Viviane

    ResponderExcluir
  35. Dra. faço uso de suplemento de calcio de ostras 500mg ao dia desde outubro, tenho notado que meu suor está com cheiro mais forte. É possivel que isso tenha a ver com a ingestao do calcio ? Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, acho melhor você avaliar esta questão com o seu médico. Obrigada! Obrigada por acompanhar o blog e desculpe a demora em responder.
      Abraço Viviane

      Excluir
  36. Olá doutora Viviane, minha mãe vai fazer lula a milanesa, e estou com medo de ter alergia .Quais são primeiro sintomas ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. os sintomas dependem, pode ser cutâneos (pele) ou até mesmo com relação a dificuldade de respirar. Minha dica é, qualquer coisa que sinta diferente, vá até o médico.
      Obrigada por acompanhar o blog e desculpe a demora em responder.
      Abraço
      Viviane

      Excluir